Comum a diversos regimes políticos totalitários, a proposta de destituição do pátrio poder, ou seja, a retirada da responsabilidade fundamental pela criação e educação dos filhos pelos pais e familiares, ressurge agora de maneira muito clara nos meios de comunicação. Assim pensa a escritora americana, especializada em assuntos políticos e âncora de um programa de opinião da MSNBC, Melissa Harris.

Ideia central:
Que tal pararmos de pensar que os filhos pertencem aos pais ou à família para começarmos a pensar que eles pertencem à coletividade? Quem sabe assim possamos fazer mais investimentos em educação pública?