Posted on

Problemas comuns com a documentação de veículos usados

Quando se decide comprar um automóvel usado, além de analisar o valor do carro é comum olhar itens como a lataria em bom estado, o funcionamento do motor e os equipamentos em ordem.

No entanto é preciso também estar atento as documentações do auto. Muitas vezes os carros usados são a solução para que deseja ter um automóvel, mas os cuidados com a documentação devem ser tomados antes da compra do veículo. Saiba como fazer essa compra de forma tranquila.

Checar dados pela internet

Parece óbvio, mas conferir todos os dados do veículo pela internet é um ponto fundamental que pode poupar o comprador de muitos aborrecimentos. Você deve ter em mãos o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e a placa do carro para consultar no site do Detran local.

Com essa pesquisa é possível verificar a situação do veículo, como por exemplo, se há alguma restrição, ocorrência de roubo ou furto ativa, se existem multas, restrição judicial ou comunicação de venda, além de poder consultar o IPVA do veículo.

Se o carro for comprado em uma concessionária, de acordo com a lei 13.111/15, válida desde maio de 2015, é obrigatório o vendedor fornecer um histórico do automóvel ao novo dono. Dessa forma é possível verificar os dados básicos do automóvel.

IPVA em dia

É importante lembrar que o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) deve estar em dia e caso não seja regularizado o veículo estará circulando fora das leis de trânsito. É válido verificar a tabela IPVA MG 2021 e já se programar para o próximo pagamento.

Assinatura do CRV

Após terem sido feitas todas as transações bancárias de compra e venda do veículo, é preciso que o antigo dono realize o preenchimento e assinatura do Certificado de Registro do Veículo (CRV).

Neste documento, além de ter a data da venda do automóvel e as assinaturas, é preciso ter o reconhecimento em cartório. Autentique todas as documentações em cartório. Vale lembrar que o CRV deve ser guardado em local seguro e nunca o deixar dentro do veículo.

Comunique ao Detran

O antigo dono deve ir a uma agência do Detran e apresentar uma cópia autenticada do comprovante de transferência. Feito isso, o novo dono tem até 30 dias para realizar a transferência do documento do carro para o seu nome.

Caso esse procedimento não seja feito dentro do prazo estabelecido, o novo dono pode ser multado com infração grave e punição de cinco pontos na carteira de habilitação. Além disso o ex-dono tem o direito de solicitar o bloqueio do veículo por falta de transferência.

A dica para conferir se a transferência já foi realizada é realizar uma pesquisa no site da Secretaria da Fazendo do Estado, utilizando o número do Renavam do automóvel e o CPF. Caso não consiga ter acesso às informações, significa que a transferência já foi feita.

Vistoria no Detran

O novo dono deve marcar uma vistoria do veículo no Detran. Quando a vistoria for feita, irá receber o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e o CRV em seu nome.

Seguro do automóvel

Caso o carro tenha seguro é preciso entrar em contato com a seguradora e solicitar o seu cancelamento.

Posted on

Acesso à internet facilita na hora de consultar o PIS

Ter acesso a internet facilita muito na hora de resolver assuntos burocráticos simples, por exemplo, com apenas alguns cliques você pode Consultar PIS 2021. Existem também outras formas que você pode utilizar para Consultar PIS 2021, saiba como a seguir!

O PIS é um dos benefícios mais esperados pelos trabalhadores, considerado por muitos inclusive como o 14º salário, esse dinheiro é pago anualmente depositado diretamente na conta do cidadão.

O valor pago ao beneficiário, equivale ao período que ele trabalhou no ano anterior, tudo é feito de maneira proporcional e dentro da lei.

Você tem direito a esse benefício?

Antes de saber como fazer para Consultar PIS 2021, é muito importante que o cidadão saiba se tem direito a esse benefício. O Governo Federal, junto ao Ministério do Trabalho exigem que o cidadão apresente os seguintes requisitos para poder pagar esse benefício.

Confira a seguir quais são esses requisitos:

  • Ter um cadastro de no mínimo 5 anos no PIS;
  • Ter ganho no ano anterior uma média salarial de até 2 salários mínimos;
  • Ter trabalhado no mínimo por 30 dias consecutivos ou não;
  • Ter o cadastro no RAIS ou (Relação Anual de Informações Sociais) devidamente atualizado, quem faz esse cadastramento e mantém a atualização deve ser o empregador.

Consultar PIS 2021

A consulta PIS 2021 pode ser feito por telefone ou pela internet, você escolhe a maneira que fica mais fácil.

Siga as nossas informações e veja como qualquer das duas maneiras é fácil fazer a consulta.

Consulta por telefone

Através da consulta por telefone é possível saber o seu saldo e conferir todas as informações do seu extrato do PIS. Para isso, ligue para o Serviço de Atendimento da Caixa Econômica Federal, anote o número:

  • Telefone: 0800 726 0101;
  • Consulta pela internet

Você também tem a facilidade de fazer a consulta do seu PIS pela internet, basta seguir as informações abaixo:

  • Visite o site oficial da Caixa Econômica Federal;
  • Se não tiver cadastro será necessário criar um, agora se já tiver, basta preencher o seu login e senha;
  • Na tela que abrir, clique na aba “PIS”;
  • Em seguida clique na opção “Consulta a Pagamento”.

Calendário do PIS 2021

Por enquanto, não será possível consultar o calendário do PIS 2021, pois ele não se encontra disponível. Como exemplo, você pode conferir o calendário de 2018.

Mês de nascimento do beneficiário Recebe em Crédito em conta Recebe até
Janeiro 18/01/2018 16/01/2018 29/06/2018
Fevereiro 18/01/2018 16/01/2018 29/06/2018
Março 22/02/2018 20/02/2018 29/06/2018
Abril 22/02/2018 20/02/2018 29/06/2018
Maio 15/03/2018 13/03/2018 29/06/2018
Junho 15/03/2018 13/03/2018 29/06/2018

O calendário do PIS é muito importante para quem recebe esse benefício, pois nele estão contidas todas as datas em que serão pagos esses benefícios.

Para fazer a consulta é muito simples, você precisará apenas conferir no calendário o mês do seu nascimento e ver qual é a data de pagamento.

Como sacar esse benefício?

Depois de consultar PIS 2021 e verificar que você tem um saldo a receber, é necessário fazer o saque desse benefício. Veja como é simples, você terá 3 opções:

  • Dirija-se pessoalmente até uma agência da Caixa Econômica Federal com qualquer documento com foto e realize o saque;
  • Se quiser, dirija-se até um caixa eletrônico e realize o saque desse benefício apresentando o seu Cartão Cidadão, digite a senha cadastrada e realize o saque;
  • Dinheiro debitado diretamente na sua conta da Caixa Econômica Federal, basta ter um saldo correspondente ao valor de R$ 1,00.

Posted on and Updated on

Descontão de até R$ 45 mil na faculdade: sim, é possível!

O Educa Mais Brasil existe há 11 anos, e já contemplou cerca de 300 mil estudantes. O programa criado pelo governo dá bolsas de estudo aos alunos selecionados que se inscrevem no Educa Mais Brasil 2021. E desta forma tem apoio de uma parte do valor da mensalidade do seu curso pago pelo programa de distribuição de bolsas de estudo.

O programa abrange cursos de ensino a distância (EAD) e curso presenciais. Em todo país já existem aproximadamente 4.700 instituições que são parceiras do programa, por isso as chances de conseguir uma bolsa de estudos não são poucas.

Bolsas de Estudo
Bolsas de Estudo

Para ter mais informações sobre o programa, você estudante pode acessar o Portal do Aluno Educa Mais Brasil 2021.

Expectativas do Educa Mais Brasil para 2021

Para o ano de 2021, a expectativa é que o programa Educa Mais Brasil se amplie, e torne-se parceiro de outras instituições. Desde instituições de ensino básico, até faculdades que ofereçam graduação e pós-graduação, podem ser parceiras do programa, e oferecer descontos de até 70% do valor de um curso.

Sobre as inscrições no Programa Educa Mais Brasil

As inscrições no Educa Mais Brasil 2021 são feitas exclusivamente pelo site: https://www.educamaisbrasil.com.br e para participar você deve preencher uma ficha que está disponibilizada no site, e esperar que a comissão avaliadora do programa analise a sua situação.

Os candidatos aprovados no Educa Mais Brasil receberão informações sobre como formalizar o pedido, e começar a usufruir do benefício.

Documentos necessários para a inscrição

Além da realização do vestibular ou a prova de avaliação da sua Instituição escolhida, você deve estar com todos documentos necessários em mãos, os quais devem comprovar que você não pode pagar pelo curso que deseja fazer.

Também é preciso estar com os documentos pessoais em mãos:

  • RG
  • CPF
  • Certidão de nascimento
  • Outros documentos que serão informados na solicitação do programa de Bolsas.

Qualquer documento exigido deve ser previamente digitalizado, pois as entregas serão exclusivamente online.

O curso de Direito está entre os mais procurados
O curso de Direito está entre os mais procurados – Foto: capricho.abril.com.br

Só poderá participar do programa alunos que se interessaram por instituições que já sejam parceiras do programa Educa Mais Brasil, para saber se a instituição que você pretende cursar está no programa, acesse o site e procure-a na aba: cidade, cursos e instituição.

ATENÇÃO: preencha com cuidado os seus dados pessoais, e não preste informações inverídicas no seu cadastro. Caso o programa Educa Mais Brasil, ou a instituição de ensino, venha a constatar alguma informação inválida poderão rescindir o contrato. Por isso é necessário comprovar a veracidade das informações cadastradas no site.

Outras informações sobre o programa

O programa Educa Mais Brasil também oferece bolsas de estudo para:

  • Interessados em cursar um ensino técnico;
  • Ensino de jovens e adultos (EJA)
  • Bolsas de ensino básico
  • Graduação
  • MBA e Pós-graduação
  • Cursos livres

O curso Educa Mais Brasil é um programa de inclusão social e por isso oportuniza a realização de um sonho: o ingresso em uma instituição de ensino de qualidade.

Posted on and Updated on

Quando pedir um aumento? Tire suas dúvidas

Você já pensou em pedir um aumento? Esse pode ser um momento decisivo para a sua carreira, mas vale a pena lembrar que antes de levar a proposta ao chefe, você deve se certificar quanto a alguns detalhes. Leia o texto a seguir e saiba quando você deve pedir um aumento:

Pedir um aumento é um direito de todo trabalhador, assim como é decisão da empresa conceder o pedido ou não. Se você quer que a sua solicitação seja atendida, recomendamos que fique atento a alguns fatores importante. São eles:

Novo Piso Salarial
Novo Piso Salarial

Média do piso salarial

Para quem não sabe, o piso salarial é a média de remuneração prevista para determinadas funções. O trabalhador precisa estar atento a previsão de salário para a sua área a fim de saber se o aumento está dentro do possível.

Digamos que o piso salarial 2021 para o seu cargo seja de R$2.000 e você receba R$1.800. Neste caso, o pedido de aumento é considerável e vale a pena arriscar.

Produtividade e responsabilidade

Um outro ponto muito importante é o seu procedimento dentro da empresa. Não adianta pedir um aumento se o seu trabalho não é condizente com o benefício, portanto, certifique-se de que você está sendo um funcionário produtivo.

Além disso, seja responsável com seus horários de chegada e partida, assim como o horário de entrega dos trabalhos existentes.

Capacitação profissional

Um profissional que visa subir de carreira ou aumentar a sua remuneração, precisa estar acompanhando o mercado e por isso, a capacitação profissional é tão importante. O melhor é que este funcionário pode encontrar diversas oportunidades acessível através do modelo EAD.

Aposte em um curso de oratória, de línguas ou em oficinas rápidas. Essa última opção está sendo bem recorrente no mercado.

Criatividade

Para conseguir o seu aumento, é necessário mostrar para a empresa que o seu serviço é indispensável e que deve estar presente diariamente na empresa.

Por isso, a dica é buscar inovar sempre. Proponha novos projetos, melhorias dentro da empresa ou possibilite expansão do negócio. Nunca faça somente o básico!

Relações interpessoais

Vale a pena mencionar também que as relações interpessoais são importantes e isso quer dizer que você deve evitar conflitos a todo custo.

Além de ter uma posição de confiança com o próprio chefe, é interessante ser uma pessoa querida e requisitada pelos colegas de trabalho, então busque ampliar as suas capacidades gerais de comunicação.

Posted on and Updated on

Seguro Desemprego sofre reajuste de 2,07%

Cálculo Seguro Desemprego Ajuda financeira concedida pelo seguro desemprego faz toda diferença na vida do trabalhador que foi despedido. Esse benefício tem sido um dos mais solicitados em todo Brasil, mas é necessário entender como ele funciona e quem tem direito ao mesmo também quantas parcelas serão pagas.

Hoje o governo federal oferece no mínimo três meses de benefício e no máximo cinco meses de benefício. O benefício pode ser interrompido a qualquer momento desde que a pessoa consiga um trabalho e uma renda. Mas para saber em qual dessas categorias de número de parcelas você se encaixa é necessário fazer o cálculo para ter conhecimento a respeito. O cálculo seguro desemprego 2021 é feito para que o trabalhador tenha conhecimento sobre quantas parcelas do seguro ele vai receber.

Você verá como fazer o cálculo das parcelas que irá receber como também do valor a ser pago.

Cálculo Seguro Desemprego

É importante fazer o cálculo seguro desemprego para que você tenha conhecimento do quanto vai receber igualmente em quantas parcelas. Conforme mencionado anteriormente temos um mínimo de três e um máximo de cinco parcelas.

O valor concedido pelo benefício é calculado com base no salário recebido pelo trabalhador que foi dispensado sem justa causa. Importante destacar que o governo não paga o benefício do seguro desemprego com valor menor que um salário mínimo, ou seja, o trabalhador recebe pelo menos.

Clique aqui para realizar o agendamento Seguro Desemprego para requerer o benefício.

Parcelas

Mencionamos abaixo como funciona para que seja definida a quantidade de parcelas seguro desemprego que o trabalhador irá receber. Veja como funciona esse benefício:

  • Recebe três parcelas se o trabalhador comprovar vínculo empregatício de no mínimo seis meses e no máximo onze meses, nos últimos trinta e seis meses;
  • Recebe quatro parcelas se o trabalhador comprovar vínculo empregatício de no mínimo doze meses e no máximo 23 meses, nos últimos 36 meses;
  • Recebe cinco parcelas se o trabalhador comprovar vínculo empregatício de no mínimo 24 meses, nos últimos 36 meses.

É assim que é definido para que o trabalhador receba as suas parcelas do seguro, mas tudo isso será calculado com detalhes durante a solicitação. O atendimento tem um sistema próprio para isso onde já informa as parcelas e o valor a ser recebido, mas é bom ter conhecimento e fazer o cálculo em mãos para ver se bate com o do sistema.

Valor

O valor do seguro desemprego é calculado de acordo com a faixa salarial do Trabalhador recebia quando estava trabalhando veja como é feito o cálculo para determinar quanto você vai receber:

  • Quem recebia até R$1.222,77 multiplica o valor por 0.8;
  • Quem recebia de R$1.222,77 até R$2.038,15 multiplica por 0.5;
  • Quem recebia acima de R$2.038,15 receberá um valor fixo de R$1.385,91.

Analise as informações acima e com base nelas você poderá calcular seguro desemprego valor. Para receber o benefício você vai precisar do seu cartão cidadão, caso você ainda não o tenha não deixe de fazer a solicitação do mesmo, através do telefone você consegue.

A solicitação é totalmente gratuita e você poderá fazer através desse telefone: 0800 702 4000.

Posted on

Previdência Social divulga novas tabelas de bagamento

A Tabela INSS 2020 é atualizada todos os anos pela previdência social através do INSS, com base nesta tabela todos os cálculos referentes a contribuição mensal e anual dos trabalhadores.

Essas contribuições são debitadas automaticamente do salário do trabalhador e é possível saber detalhadamente qual o valor através do seu holerite, como mencionamos acima este valor é gerado com base na Tabela INSS 2020 do ano vigente.

Vale ressaltar que este valor tem que ser recolhido para que você possa usufruir dos direitos oferecidos pela previdência social do Brasil, são eles conhecidos como aposentadoria, seguro de desemprego e muitos outros que só aqueles que são contribuintes podem aproveitar.

Veja abaixo a tabela atual e consultar a tabela 2020, assim que a do próximo ano estiver disponível iremos atualizar este artigo para que você possa consultar.

Tabela INSS de 2020

Você pode encontrar mais informações através do site oficial da Previdência e do INSS http://www.previdencia.gov.br/

Todos estes valores compõem o cálculo necessário para o pagamento do seu INSS e com isso compor o extrato que você pode consultar através da internet como ensinamos na nossa página inicial que pode ser acessada clicando no topo do site ou acessando o endereço Extrato INSS fique à vontade para escolher a opção mais fácil para você.

Conheça as Novas regras da Aposentadoria

Não esqueça de sempre estar atualizado com seus dados junto ao departamento de recursos humanos da sua empresa para que tudo esteja dentro do esperado por você na hora de consultar essa tabela.

Fique atento também ao extrato do seu INSS consultando mensalmente ou sempre que possível para que você não seja enganado pensando que tem um determinado valor e não o tem.

Em muitos casos, aconselhamos a pessoas que trabalham a vários anos em uma empresa que busquem informações detalhadas sobre seus depósitos pois com o passar dos anos as informações ficam mais confusas devido ao volume de tempo decorrido.

Todos anos uma nova tabela é emitida e você pode conferir aqui mesmo no site a mais atual, estaremos divulgando a todos os trabalhadores que desejam realizar a consulta da tabela inss.

Para maiores informações relacionadas a isso, aconselhamos que você procure um posto de atendimento da previdência social na sua cidade e leve todos os documentos necessários para que eles possam te atender e sanar todas as dúvidas.

Posted on and Updated on

Aprenda a consultar seu Imposto automotivo no site do Detran do Rio

É extremamente importante manter o IPVA 2020 RJ (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) com o pagamento em dia, isso porque o atraso no pagamento pode acabar gerando transtornos visando que o seu veículo passa a estar irregular. Para que você possa entender melhor esse processo trouxemos informações que vão te ajudar sobre o IPVA 2020 RJ. Confira a seguir no nosso post.

IPVA 2019 RJ
Imposto Automotivo

Você vai poder entender melhor como funciona o valor pago pelo contribuinte do IPVA RJ, a tabela com as informações de datas e prazos e a forma com a qual você pode proceder para realizar o seu pagamento do IPVA RJ.

Como consultar a tabela do IPVA RJ

Todos os anos uma tabela do IPVA RJ é atualizada, essa atualização e feita para informar aos contribuintes os novos prazos e datas que terão para ficar com o IPVA 2020 RJ em dia.

A tabela do IPVA 2020 RJ foi divulgada pelos órgãos responsáveis e contém as datas para os pagamentos integrais e para os parcelados. Confira logo abaixo.

Para que você possa saber melhor como é a tabela do IPVA 2020 RJ trouxemos para você a tabela Atualizada. Fique atento as datas de acordo com a placa do veículo que pertence a você, os pagamentos têm início no mês de janeiro.

Detran RJ Divulga a Consulta IPVA

O contribuinte pode ter acesso a consulta do IPVA 2020 de forma simples através do site do Detran Rio de Janeiro.

Nessa consulta o contribuinte do Rio de Janeiro poderá ter várias informações sobre o IPVA, inclusive o valor do seu imposto.

Para realizar a consulta acesse o site através do endereço www.detran.rj.gov.br/ no site serão solicitados os seguintes dados para realizar a consulta do IPVA RJ:

  • CPF do titular;
  • Número do RENAVAM do veículo.

Como quitar sua guia de pagamento do Imposto

O pagamento do tributo automotivo é feito por meio da guia de recolhimento do imposto.

O pagamento do imposto pode também ser realizado via internet, desse modo é mais prático e rápido pagar o seu IPVA.

Para o contribuinte do Rio de Janeiro que não tem acesso a internet para realizar o pagamento online existe a opção de ir a um terminal de atendimento da Caixa e assim efetuar o pagamento.

Alguns bancos também recebem esse imposto, estando entre eles:

  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Bancoob;
  • Mercantil do Brasil;
  • HSBC;
  • ITAÚ;
  • Banco Postal Brasileiro.

Existem a opção de pagar o IPVA com valor integral ou parcelado. Dessa maneira o contribuinte pode optar pela maneira que melhor se adequá ao seu estado financeiro.

Não deixe de ficar atendo aos prazos com o seu IPVA RJ, para assim evitar maiores problemas com o seu veículo posteriormente.

Posted on and Updated on

Confortos que a tecnologia possibilitou

Já se foi o tempo em que você precisava comparecer pessoalmente nas agências bancárias para conseguir informações tão simples. Hoje em dia, você pode fazer a sua consulta Extrato PIS 2020 Online. Quer saber como fazer isso no conforto da sua casa? Fique conosco e saiba tudo sobre o Extrato PIS 2019 Online.

Extrato PIS Online

Antes de você saber como realizar essa consulta do Extrato PIS 2020 Online, é importante que você saiba o que é o PIS. Muitas pessoas têm dúvidas em relação a esse benefício, o que ele é de fato, se tem direito de recebê-lo, como faz para sacar, entre outras questões.

Vamos entendê-las antes de prosseguir para tirar o extrato PIS? Acompanhe nossas informações a seguir.

O Que é o PIS?

O PIS, Programa de Integração Social, tem como principal objetivo integrar o trabalhador com a empresa em que trabalha. Essa integração auxilia no desenvolvimento da empresa e beneficia o trabalhador com uma quantia anual em dinheiro.

O surgimento desse programa facilitou o desenvolvimento de empresas legais e inibiu o surgimento de empresas ilegais.

Todo trabalhador deverá consultar o Calendário do PIS 2019 de pagamento que geralmente é disponibilizado anualmente pela Caixa Econômica Federal. A data de recebimento varia de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

Esse calendário de pagamento foi criado justamente para evitar filas e tumultos nas agências. Se todas as pessoas recebessem no mesmo dia, seria um caos.

Quem Pode Receber Esse Benefício?

Antes de você aprender a consultar o Extrato PIS 2020 Online, vamos entender quem tem direito a esse benefício.

  • Para receber esse benefício, é preciso que o trabalhador seja cadastrado no programa há pelo menos 5 anos.
  • Ele deve ter recebido, no ano anterior, até 2 salários mínimos por mês.
  • Ele deve ter trabalhado, no ano anterior, com carteira assinada por pelo menos 30 dias.
  • O empregador deverá manter todas as informações do trabalhador atualizada na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Como Sacar Esse Benefício?

Sacar o benefício do PASEP 2020 é muito fácil depois que ele estiver disponibilizado para você. Veja as formas de sacar esse benefício:

Se você já possuir o seu Cartão Cidadão, basta dirigir-se a uma agência da Caixa ou a algum terminal de atendimento e realizar o saque.

Caso não possua esse cartão, dirija-se a uma agência com um documento de identidade com foto.

Se você for cliente da Caixa Econômica Federal, o seu benefício será depositado automaticamente.

Qual é o Calendário de Pagamento?

Por enquanto, só foi divulgado o calendário com as datas de pagamento do PIS para o primeiro semestre de 2019. Assim que divulgarem as novas datas, nós atualizaremos o site.

Confira a tabela a seguir!

Como Consultar o Saldo?

Como nós dissemos, essa consulta poderá ser feita online, basta ter algum aparelho com acesso à internet, pode ser um computador, um celular e até mesmo um tablet.

Para fazer a consulta do seu Extrato PIS 2020 Online, acesse o site oficial da Caixa Econômica Federal clicando aqui.

Se você não tiver cadastro, clique no botão “Cadastrar senha” e siga as instruções. É muito rápido e fácil. Caso você já tenha cadastro, é só fazer o login informando NIS e Senha da Internet.

Em seguida, é só clicar na aba “PIS” e fazer sua consulta!

Posted on and Updated on

Orçamento de contribuintes para o pagamento de impostos

O IPTU Belo Horizonte 2021 pode ser parcelado para que melhor se encaixe no orçamento dos contribuintes. Com o IPTU BH 2020 temos um imposto obrigatório cujo valor depende muito do imóvel que cada pessoa tem. Esse imposto incide uma vez por ano e é cobrado de acordo com o tipo de imóvel que cada pessoa.

Ter acesso a guia de pagamento do IPTU 2021 entre no site da prefeitura e faça a emissão. Em breve inicia-se o recebimento do IPTU BH 2021, procure aproveitar os descontos e faça o pagamento. Desconto é concedido somente para quem efetua o pagamento em conta única e dentro do prazo de validade.

Saiba como pagar o IPTU Belo Horizonte 2021 e quais são as formas de pagamento disponíveis para você. Esse imposto é cobrado no primeiro semestre do ano e conta com valores diferentes de acordo com o imóvel de cada cidadão, em breve você poderá pagar o IPTU Belo Horizonte 2021.

Posted on and Updated on

Confira como garantir sua vaga no ensino superior

Atualmente o maior vestibular do País, o ENEM é ansiosamente aguardado todos os anos por milhões de brasileiros que passaram o ano todo se preparando para o exame. Tudo porque o ENEM é a porta de entrada para todos os principais mecanismos de concessão de bolsas de nível superior, como é o caso do SISU e do ProUni.

Campus Universitario

O Exame Nacional do Ensino Médio, ou ENEM, é uma prova criada em 1998 pelo Governo Federal. Originalmente o ENEM tinha como finalidade apenas avaliar a qualidade do Ensino Médio no Brasil,ou em alguns casos, servir como parâmetro para concessão de bolsas pelo ProUni. Em 2009 o programa foi ampliado e tornou-se também porta de entrada para as principais faculdades públicas do País. O exame é atualmente o segundo maior vestibular do mundo, perdendo apenas para o vestibular chinês.

Ano após ano o ENEM ratifica seu sucesso e bate recordes de participantes. Em 2014, mais de oito milhões de candidatos se inscreveram para o exame e a expectativa para esse ano é que o número de inscritos bata recorde novamente.

O que cai na Prova do Exame?

No primeiro dia de ENEM, que costuma cair sempre em um sábado, os candidatos têm 4 horas para resolver 45 questões de Ciências da Natureza e 45 questões de Ciências Humanas.

Já no segundo dia, domingo, os candidatos têm 5 horas para resolver 45 questões de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias, 45 questões de Matemática e escrever a redação sobre o tema definido pelo exame.

A expectativa é que as inscrições ENEM 2020 abram em maio e fiquem abertas por cerca de um mês. Elas serão realizadas exclusivamente pela internet e todos os detalhes, como o link por onde deverão ser realizadas, serão disponibilizados no site oficial do ENEM.

Após se inscrever no ENEM você receberá uma carta com a confirmação de sua inscrição. A carta, que tradicionalmente é enviada cerca de 1 mês antes do exame, traz informações como o local para realização da prova, horário e instruções para o exame.

O ENEM costuma ser aplicado em um dos fins de semana de outubro e a expectativa é que o fato se repita esse ano.

Quando será divulgado o Resultado do Enem

O gabarito do ENEM sai cerca de 3 dias após a prova. Com ele você pode conferir suas respostas e estimar quantos acertos teve no exame. O gabarito se torna mais útil ainda quando se leva o caderno do ENEM para casa, aguardando até o final da prova.

A julgar pelos últimos anos, o resultado do ENEM deve ser divulgado entre a última semana de dezembro e as três primeiras de janeiro, também no site oficial do ENEM.

Após a divulgação do resultado da prova, com as notas tiradas em cada uma das 4 áreas e também na redação, é só esperar a abertura dos mecanismos de ingresso no Ensino Superior que se utilizam do ENEM, que são o SISU, o ProUni e o FIES.

Sisu e Prouni são portas de entrada para o ensino superior

O SISU é geralmente o primeiro a abrir. As inscrições costumam abrir cerca de 1 semana depois do resultado do ENEM e duram 1 semana. O SISU oferta bolsas nas Universidades Públicas e o candidato pode escolher até 2 opções de vaga para concorrer.

Após as inscrições no SISU se encerrarem, abrirá o ProUni, que funciona de modo bastante similar ao SISU. A diferença é que enquanto o SISU oferta bolsas em instituições públicas, o ProUni oferta bolsas em instituições particulares. Uma outra diferença entre o ProUni e o SISU é que só podem participar do ProUni os estudantes que se encaixam nos critérios socioeconômicos do programa que são até 3 salários mínimos de renda per capita para quem deseja concorrer às bolsas parciais e 1,5 salário mínimo per capita para as bolsas integrais.

Além do SISU e do ProUni, há também o FIES, cujas inscrições costumam ter prazos bem maiores para serem feitas. Diferente dos dois primeiros o FIES não oferece bolsas de estudo, mas sim financiamento com prazos que podem chegar até 3 vezes a duração do curso.